Eventos abertos e aprovação de órgãos públicos

Produções culturais são realizadas em diversas cidades, durante o ano todo. Afinal de contas, a população precisa de diversão promovida pelo poder públicos e por empresas privadas.

Para atender a demanda, diferentes propostas são apresentadas, com shows musicais, peças de teatro entre outros eventos diversificados.

O atendimento ao público está relacionado a um planejamento apropriado, com organização e estratégias de divulgação.

Os organizadores precisam estar atentos a diferentes elementos, como:

  • Objetivo do evento;
  • Captação de público-alvo;
  • Estabelecimento de metas;
  • Contratação de artistas.

A preocupação precisa estar relacionada entre os mais diversos fatores, pois um evento de sucesso demanda sincronia e envolvimento das equipes de trabalho, que são variadas e de diferentes setores.

De acordo com o tamanho do evento, seja ele musical, teatral ou qualquer outro movimento cultural, a empresa que está organizando precisa contar com a formalização de parcerias empresariais e o poder público local.

Espaço disponível com segurança e conforto para os públicos

A localização de um evento cultural mexe com diversos pontos públicos, como a mobilidade pública e a segurança patrimonial e dos cidadãos.

Por isso, a resolução relacionada à burocracia deve estar de acordo com documentos emitidos tanto pela prefeitura quanto pelo governo do estado.

Muitas cidades possuem equipamentos públicos que permitem a realização de festivais culturais, como centro de eventos, praças e parques com capacidade para recepção de milhares de pessoas.

A mobilidade externa, a disposição de bolsões de estacionamentos, ruas e avenidas como alternativas para o trânsito e transporte público eficiente ajudam no acesso do público.

A movimentação de pessoas no interior do evento também deve ser pensada de forma coerente, para garantir o conforto e a disponibilidade de banheiros públicos e áreas de alimentação.

O espaço destinado para a apresentação dos artistas, que podem ser cantores e cantoras ou bandas musicais, precisa ser especificado para garantir a disposição de uma arena apropriada, com arquibancadas laterais, disposição de som, luzes e decoração com o tema de festa para animar o ambiente.

A temática pode ser variada, de acordo com o estilo musical, como sertanejo, rock, axé ou mesmo festas características como carnaval, junina e celebrações de final e início de ano.

Ambientes confortáveis para recepção de artistas

As áreas internas precisam ser projetadas para a recepção dos artistas que estarão presentes no evento. Os camarins devem atender às conformidades impostas pelos profissionais que vão se apresentar, como climatização adequada para resguardar a voz.

Antes do dia do evento, os organizadores podem disponibilizar espaços para que bandas de apoio tenham acesso a um estúdio para ensaio e equipes de palco para identificar o posicionamento dos músicos.

O projeto deve ficar sob a responsabilidade de profissionais da área de engenharia e arquitetura. Essa tarefa é importante, pois todos os pontos de mobilidade urbana, a montagem do palco, da arquibancada e disposição de estandes, se possível, devem ser desenhados em programas de computador e apresentados para avaliação e aprovação do poder público.

Uma prévia do projeto pode ser apresentada e discutida por diversos setores de uma prefeitura municipal, como as secretarias de obras, trânsito e mobilidade urbana, segurança e limpeza pública.

Todos os espaços podem ser reproduzidos em uma ambientação 3D, identificando as áreas de maneira prática e visual.

Essa possibilidade pode modelar o que pode englobar toda a região em que o evento acontece, com todas as medidas técnicas podendo ser tomadas de antemão, como forma de prevenção a acidentes.

Fachada de evento visível e entrada organizada

Com todos os procedimentos acertados, a empresa organizadora deve se preocupar com a divulgação por meio de mídias tradicionais e eletrônicas, aproveitando o alcance e direcionando para o público-alvo do evento.

A fachada de entrada pode contar com um letreiro de LED com o nome do evento, dando as boas-vindas aos participantes e indicando os portões de entrada, bilheteria, passagem por segurança e catracas para controle de acesso.

A organização na entrada é primordial para que todos os participantes, público e artistas, possam se divertir e se apresentar, respectivamente, com a segurança apropriada.

Além disso, a facilidade de identificação fica restrita em pontos estratégicos para garantir a presença daqueles que pagaram para participar da festa.

A disposição de correntes ou uma estrutura que forma a unifila corda permite o acesso individual pelas catracas. Esse material é resistente e pode indicar um caminho traçado a partir da área externa até o portão de entrada.

Um evento de sucesso pode ser reproduzido em outros anos, garantindo uma projeção para artistas novatos ou oportunidade para bandas veteranas se apresentarem para um novo público. Cultura nunca é demais para a população.

Deixe uma resposta